2007-08-30

PADRE MANUEL DEIXA ALPEDRINHA

Depois de 13 anos como Pároco de Alpedrinha, chegou a hora do adeus. O Sr. Padre Manuel Igreja Dinis tem agora, como missão, substituir o "ilustre jornalista" Padre António Souta, nas Paróquias de Sabugal, Aldeia de Santo António, Rapoula do Côa e Ruvina. Para trás ficará todo um trabalho desenvolvido com muito esforço e dedicação, reconhecido por todos quantos o acompanharam de perto.
HISTORIAL
O Padre Manuel Igreja Dinis, nasceu a 25 de Setembro de 1941 em Rochoso, concelho da Guarda. Entrou no Seminário do Fundão no ano lectivo de 1953-1954. Foi ordenado sacerdote na então vila de Gouveia, no dia 1 de Agosto de 1965, pelo Bispo Diocesano, D. Policarpo da Costa Vaz. De Setembro de 1965 até à Páscoa de 1969 foi pároco de Azinhal, Valverde e Peva, no concelho de Almeida. Depois foi pároco de Vila Fernando (Páscoa de 1969), Adão e Vila Garcia até Setembro de 1988, altura em que foi chamado a prestar serviço como professor e prefeito no Seminário do Fundão. No ano de 1990 foi encarregado de dirigir espiritualmente os alunos do Seminário do Fundão até ao ano lectivo de 1995-96. Em Outubro de 1994 assumiu o encargo paroquial da Vila de Alpedrinha e no ano de 1997 acumulou com esta as paróquias de Orca e Zebras, no concelho do Fundão. No futuro próximo, dará entrada nas Paróquias de Sabugal, Aldeia de Santo António, Rapoula do Côa e assumirá o cargo de vigário paroquial de Ruvina.
E aqui fica, na primeira pessoa, uma pequena mensagem de apresentação aos seus futuros paroquianos:
«Este é o meu simples historial que procurei viver dia-a-dia, tentando dar a conhecer Cristo aos homens, com a minha simplicidade de viver o Evangelho. Rezem a Deus por mim, para que seja sempre fiel à vocação sacerdotal, no serviço de Deus e dos homens.
Um abraço de Paz em Jesus Cristo, para com todos.
Padre Manuel Igreja Dinis»
Resta-me desejar as maiores felicidades ao Sr. Padre Manuel Igreja Dinis, nesta nova missão e agradecer todo o empenho que colocou no exercício das suas funções e na colaboração com todas as instituições de Alpedrinha.

2 comentários:

sobrinho disse...

Bom post, subscrevo na integra.
Espero que ja estejas recuperado da lesão, um abraço.

paula silva disse...

Lamento que o Sr. Padre Manuel Igreja se retire da paróquia de Alpedrinha. Conheço a pessoa que o Padre Manuel mostrou ser em tantas ocasiões: humano, altruísta, sábio, pedagogo, humilde, uma pessoa excepcional, com carisma.
Espero que na nova paróquia que "escolheu" saibam dar-lhe o devido valor e que em Alpedrinha não o esqueçam, um homem bom, tolerante, afável, digno, divertido, respeitador e respeitável... Para ele desejo que Deus conduza a sua vida na luz dos sonhos... e que eu possa ainda voltar a conversar com elem nem que seja no Encontro de Poetas, ou em mais alguma viagem de descobertas e introspecção, que tão bem sabe organizar e nos proporcionou tantas vezes.
Agradecia desde já ao Fernando que fizesse chegar estas palavras ao Sr. Padre Manuel, uma vez que eu não sei como fazer-lhas chegar.
E que Alpedrinha saiba reconhecer o bom homem e o bom padre que teve a honra de acolher.
Bem-Hajas Sr. Pader Manuel pelo previlégio de o ter conhecido.