2006-07-12

OUTRA VEZ OS INCÊNDIOS

A Serra da Gardunha foi alvo, na passada semana, do primeiro incêndio da época, desta vez de pequenas proporções graças ao combate de pronto pelos meios aéreos disponíveis na região. O mesmo ocorreu poucos metros antes da curva do Alto da Serra, sentido Alpedrinha - Fundão, à beira da estrada, o que poderá indicar a sua origem num cigarro mal apagado deitado fora por um automobilista distraído e inconsciente.
É este comportamento incorrecto que quero aqui lamentar e condenar, pedindo a todos que colaborem com as instituíções na prevenção dos incêndios.
Em Alpedrinha há jovens, em regime de voluntariado, que estão de vigia na zona do Anjo da Guarda e que têm a função de alertar de imediato os bombeiros no caso do surgimento de um incêndio. Estes jovens têm um papel fundamental no combate aos mesmos, uma vez que o seu alerta possibilita, aos bombeiros, o ataque ao incêndio no seu início.
Com a ajuda de todos, podemos evitar a catástrofre e manter a nossa serra verde.

3 comentários:

joao baltazar disse...

boas tardes:
lá veem outravez os incendios!!!nao ha maneira de acabarem esperemos k a nossa serra escape!!mas ontem mesmo Fernando tambem ouve um incendio perto da touca (mais concretamente nas arraianas, quem é de Alpedrinha conhece)k felizmente com a rapida acçao de avionetas ficou estinto.faço votos para k nao se volte a repetir.abraço

paula silva disse...

Caro Fernando
É de lamentar que haja fumadores com tanta falta de civismo, ou direi mesmo ignorância?
Sou fumadora, e também condutora, mas atenção, todos sabemos que as viaturas têm cinzeiros, e é exactamente para isso que servem. Tal como nas nossas casas, os cigarros apagam-se nos cinzeiros, por isso na casa de todos, que é a rua, a natureza à nossa volta, ainda mais cuidado devemos ter... julgo eu!!!
É uma questão de civismo, de respeito pela natureza, de higiene, de prevenção...
No meu automóvel o cinzeiro utiliza-se, não é um adorno para decoração, nem um adereço que tenha medo de utilizar só para não limpar!
Se vou num automóvel onde não se fuma, então não fumo, se estou numa casa onde não se fuma porque os donos não são fumadores, também não fumo... é tão simples! É uma questão de respeito pelos outros.
Um incêndio não é brincadeira... já assisti a incêndios terríveis, nomeadamente o da nossa serra da gardunha, e é um espectáculo avassalador, se pudermos contribuir para os evitar, para quê correr riscos??? Estamos a por em causa vidas, a natureza, ecossistemas, propriedade alheia... eu sei lá que mais!!!
Todo o cuidado é pouco!
Bem hajas pelo alerta e pela parte informativa, que espero não volte a ser motivo, quero dizer com isto, espero que este ano não haja incêndios nem na Gardunha nem no resto do país, embora saiba que é impossível, mas pelo menos que não sejam tão trágicos como os dos últimos terríveis anos.
Cumprimentos

Grilinha disse...

Conheci a Serra da Gardunha toda verdinha e podia-se passear em segurança.
Sobia até Alcongosta com os meus primos e dormia na casa de uns tios que não tinham electricidade.
O jantar era no alpendre da casa donde se avistavam kms e kms de terra verde, aqui e além salpicados de branco e vermelho das casas das aldeias vizinhas.
Não havia telemovel (nem fazi ideia que alguma vez isso poderia existir).
No dia seguinte levantavamo-nos cedo e tomavamos um pequeno almoço reforçado pois a descida até Alpedrinha era longa mas tinhamos que chegar cedo com o leite acbadinho de tirar das vacas.
Fico-me por aqui senão daqui a pouco parece o livro das minhas memórias em vez de um comentário.
Um obrigada especial a esses jovens que preservam e cuidam do que é de todos nós (A Terra).